Prédios de Curitiba

Prédios de Curitiba

O projeto “Prédios de Curitiba” tem como objetivo principal, a investigação por meio de pesquisas e fotografias, de prédios que fazem parte da memória da cidade. O ponto de partida desse projeto é a Praça Osório, por considerarmos o coração da cidade, e principalmente por nessa região estar o primeiro prédio considerado “arranha céu” o Edifício Garcez, de iniciado em 1927.

Até o momento, além do Garcez outros 12 prédios estão sendo pesquisados:

Ed. Anita / Ed. Brasilino de Moura / Ed. Asa / Ed. Tijucas / Ed. Provedor André de Barros / Ed. Leonor Morera Garcez / Palácio Avenida / Biblioteca Pública Estadual / Hotel Eduardo VII / Ed. Itália / Ed. Gemini / Ed. Brasílio de Araújo, e muitos outros que estão por vir…

“A ideia de investigar os prédios de Curitiba era particular e antiga, pois em uma cidade tricentenária há muito o que se descobrir, contudo ainda não existia um roteiro para que isso acontecesse, foi aí que descobri um projeto com intenções semelhantes para a cidade de São Paulo e em uma conversa com o idealizador Matteu Gavazzi iniciou-se uma parceria que reviveu essa vontade, e assim nasceu o Prédios de Curitiba!”

O projeto tem a co-participação dos fotógrafos, Washington Takeuchi (idealizador do blog Circulando por Curitiba) e de Chico Camargo, além do arquiteto Fábio Domingos (Sócio fundador da Grifo Arquitetura).

Ficha Técnica:

Data de início do projeto: 2014
Idealizador: Guilherme de Macedo
Pesquisa: Guilherme de Macedo
Colaboração: Fábio Domingos Batista
Equipe de Apoio: Estúdio Coletivo – Guilherme de Macedo, Josehenrique Zuchi, Marcus Vinícius, Alexandre Chien, Gihad Abdala El Khoury e Thiago Suzuki
Fotografia: Alexandre Chien e Washington Takeuchi